Processo de Produção de Farinhas de Trigo

O processo de produção de farinhas de trigo desencadeia-se com a retirada dos silos da quantidade necessária de trigo para a respectiva moenda, seguindo-se as fases de limpeza e humidificação. Quando o trigo estiver pronto, inica-se a moenda que é feita em vários moinho de cilindros, seguindo-se a peneiração em peneiros planos com vista a separar os vários constituintes do grão de trigo: endosperma/farinha, casca/farelo e gérmen. Em processo continuo, a farinha é corrigida e fortificada e de imediato é ensilada, permanecendo entre 07 a 10 dias em descanso. Quando requisitada, procede-se ao respectivo ensacamento.