Evolução Histórica

Da adversidade que marcou uma certa época, nasceu a história da MOAVE – Moagem de Cabo Verde, SA. Uma história com mais de 40 anos e que ainda hoje, serve de exemplo de como é possível descobrir no meio da adversidade, uma oportunidade.

A MOAVE – Moagem de Cabo Verde, SA, foi criada por escritura pública de 17 de Julho de 1972, sob a forma jurídica de sociedade por quotas e com um capital social inicial de 10 milhões de escudos. Liderada pelo Engº José Ernesto Brigham da Silva, principal mentor do projecto, a MOAVE reunia, à data da sua fundação, dezoito sócios.

Em Janeiro de 1974 iniciaram-se as obras de construção da fábrica, a qual veio a entrar em funcionamento a partir de 20 de Setembro de 1975.
De 1975 até 2002, as actividades da MOAVE limitaram-se à produção e comercialização de farinhas de trigo e respectivos subprodutos, operando em todo o país em regime de monopólio. Esse foi um período de grande afirmação para a MOAVE, durante parte do qual beneficiou do apoio inequívoco do Estado, por se tratar de uma empresa fundamental para o país em matéria de segurança alimentar. Tal facto, em boa medida, terá justificado a participação do Estado no capital da sociedade, entre 1978 e 1998.

Durante esse mesmo período, a MOAVE acumulou reservas suficientes que lhe permitiram, a partir de 1999, aumentar sucessivamente os seus capitais próprios, reformar a sua unidade fabril através de um programa de investimentos realizados na modernização e expansão da capacidade produtiva e abraçar uma estratégia de diversificação das suas actividades.

Dando procedimento à estratégia anteriormente referida e antecipando a liberalização do mercado, a MOAVE decidiu-se pela participação activa no capital de outras empresas, ao mesmo tempo que aproveitou a extinção da EMPA (Empresa Pública de Abastecimento) para diversificar os seus negócios, apostando na importação e comercialização de outros produtos alimentares básicos, nomeadamente, milho, arrozes e açúcar.

Desde então e até à presente data, a MOAVE tem vindo a conhecer um novo período de sucesso, afirmando-se cada vez mais como uma das principais empresas do país no sector industrial e comercial de produtos alimentares.

Não obstante, os desafios são os mais diversos, o que exige uma postura de permanente procura de novas soluções e alternativas que permitam garantir que esta história continue a ser contada por muitos e longos anos.